Skip to main content

Fahrenheit, a consagração de Babel – Luis Costillo

Atualizado em 20/12/2019

​​Apresenta-se uma seleção de trabalhos realizados, entre 2005 e 2019, pelo artista extremenho Luis Costillo. Embora envolvendo diversas tipologias de criação artística, o núcleo fundamental da exposição compõe-se de uma extensa série de livros de artista, coleções de trabalhos encadernados, pastas e caixas com formas e conteúdos muito diversos. Curadoria de José Ángel Torres

Esta exposição insere-se no Projeto Campo Abierto, uma parceria entre o MEIAC – Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo, Badajoz (Espanha) e a Fundação Eugénio de Almeida, visando a cooperação para a promoção e conhecimento do trabalho dos artistas originários das respetivas regiões, bem como o aprofundamento do diálogo e da cooperação transfronteiriços.​

Redimensionar o tamanho da letra
Contraste