18 abril 2016

(In) Dependências no Há conversa

Com cerca de 40 participantes o primeiro Há conversa entre mães, pais e companhia, realizado no passado dia 15 de abril, no Centro Paroquial de Mourão.

​Com cerca de 40 participantes o primeiro Há conversa entre mães, pais e companhia, realizado no passado dia 15 de abril, no Centro Paroquial de Mourão, teve como tema central as várias dependências, e durante uma hora, em ambiente informal, o convidado Paulo Jesus, diretor da Unidade de Prevenção de Évora do Instituto da Droga e da Toxicodependência, abordou a questão de forma simples e descontraída levando a plateia a refletir sobre questões impactantes do quotidiano.

Ao seu estilo bem próprio e sem espalhar o pânico o orador estabeleceu com os ouvintes uma relação de cumplicidade desmistificando e alertando os pais, avós e próprias crianças presentes para o risco das novas dependências que agem de forma silenciosa e se instalam nas vidas sem os próprios darem conta como é o caso da dependência do ecrã, seja ele televisivo, de telemóvel ou de computador ao que se alia a dependência da internet, o dito grande vício do século XXI, cuja ação rouba diariamente momentos preciosos de conversa entre mães, pais e companhia. Momentos de reflexão importantes e impactantes não só em seio familiar mas também escolar e profissional, destinados a fortalecer os laços afetivos e sociais com quem nos rodeia e está mais próximo através da simples ideia de ‘desligar’.

A iniciativa, inserida no mês da prevenção dos maus tratos infantis foi organizada pela CPCJ Mourão com o apoio da Câmara Municipal, Fábrica da Igreja Paroquial e do Crédito Agrícola.



haconv1.jpg